quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Mais de 100 cidades são abastecidas com carros-pipa no Ceará

Açudes com volume reduzido e população carente de água. Essa situação é sentida até nas zonas urbanas dos municípios. Em razão disso, hoje, quatro sedes estão sendo abastecidas com caminhões pipa da Defesa Civil do Ceará. Mais de 40 veículos fazem a distribuição da água, que é própria para o consumo.
O abastecimento nas sedes dessas quatro cidades beneficia cerca de 6 mil famílias e deve ser mantido até o fim do ano. Já nas áreas rurais, o abastecimento é de responsabilidade do Exército Brasileiro. Nas zonas rurais, a situação é bem mais crítica. Ao todo, mais de 100 cidades estão sendo abastecidas pelo Exército.
A situação já esteve pior: em maio deste de 2018, o Exército distribuía água em 174 municípios. Em outubro, outras 57 cidades devem ser incluídas no programa.


Carro-forte é explodido por bandidos em Saboeiro


Mais uma ação dos bandidos aconteceu na tarde desta quarta-feira(19) quando um carro-forte foi explodido no município de Saboeiro. 

De acordo com informações de policiais civis que prestam serviço naquela cidade, a ação dos bandidos se deu por volta das 13h numa estrada que dar acesso ao distrito de Felipe. 

O delegado municipal de Saboeiro juntamente com a equipe da Polícia Civil saíram em diligência na tentativa de capturar os responsáveis por mais esse ataque a carros-fortes no interior do Estado do Ceará. 

Haddad sai de 8% para 19% e se isola em segundo no Ibope. Bolsonaro vai a 28%


Pesquisa Ibope sobre a corrida presidencial divulgada nesta terça-feira (18) confirmou a tendência de crescimento do candidato do PT, Fernando Haddad, que saiu de 8% para 19% em relação ao levantamento anterior – uma variação positiva de 11% em uma semana. Ainda na liderança, Jair Bolsonaro (PSL) oscilou de 26% para 28%, dentro da margem de erro (2%).

Confira o resultado:
- Jair Bolsonaro (PSL): 28%
- Fernando Haddad (PT): 19%
- Ciro Gomes (PDT): 11%
- Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
- Marina Silva (Rede): 6%
- Alvaro Dias (Podemos): 2%
- João Amoêdo (Novo): 2%
- Henrique Meirelles (MDB): 2%
- Cabo Daciolo (Patriota): 1%
- Vera (PSTU): 0%
- Guilherme Boulos (Psol): 0%
- João Goulart Filho (PPL): 0%
- Eymael (DC): 0%

Também chama a atenção o fato de que Ciro, que havia crescido e figurava em segundo lugar na pesquisa anterior, estabilizou-se em 11%. Já Marina Silva, que tinha 9% das intenções de voto, agora tem 6% e caiu da terceira para a quinta colocação, ultrapassada por Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou dois pontos percentuais para cima, e Haddad – antes na quarta e quinta posições, respectivamente.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores, entre 16 e 18 de setembro, em 177 municípios. Encomendado pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, o levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (BR-09678/2018). A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Há uma semana
O levantamento anterior, divulgado pelo Ibope há uma semana (11 de setembro), mostrava a ampliação da vantagem de Bolsonaro sobre seus adversários, na comparação com levantamento feito pelo instituto entre os dias 1º e 3 deste mês. O avanço de Haddad também já era visível na pesquisa de uma semana atrás.

O ex-capitão do Exército aparecia com 26% (quatro pontos a mais), e Ciro Gomes (PDT), então segundo colocado, com 11%. Naquele levantamento, o pedetista estava em empate técnico com outros três candidatos: Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%, e Fernando Haddad (PT), com 8%.

Veja as intenções de votos alcançadas pelos 13 candidatos em 11 de setembro, segundo o Ibope:
- Jair Bolsonaro (PSL): 26%
- Ciro Gomes (PDT): 11%
- Marina Silva (Rede): 9%
- Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
- Fernando Haddad (PT): 8%
- Alvaro Dias (Podemos): 3%
- João Amoêdo (Novo): 3%
- Henrique Meirelles (MDB): 3%
- Vera (PSTU): 1%
- Cabo Daciolo (Patriota): 1%
- Guilherme Boulos (Psol): 0%
- João Goulart Filho (PPL): 0%
- Eymael (DC): 0%

Segundo turno
Como é praxe, a pesquisa Ibope exibe simulações de segundo turno. É a primeira vez em que Bolsonaro e Haddd empatam numericamente, ambos com 40% das preferências. E também a primeira vez em que Bolsonaro aparece à frente de Marina.

Confira:
Haddad 40% x 40% Bolsonaro
Brancos/nulos: 15%
Não sabe/não respondeu: 5%

Ciro 40% x 39% Bolsonaro
Brancos/nulos: 15%
Não sabe/não respondeu: 6%

Bolsonaro 41% x 36% Marina
Brancos/nulos: 18%
Não sabe/não respondeu: 5%

Alckmin 38% x 38% Bolsonaro
Brancos/nulos: 18%
Não sabe/não respondeu: 6%

Rejeição
Bolsonaro continua a liderar o ranking de rejeição. Veja os números:

Jair Bolsonaro: 42% (41% no levantamento anterior)
Fernando Haddad: 29% (23%)
Marina Silva: 26% (24%)
Geraldo Alckmin: 20% (19%)
Ciro Gomes: 19% (17%)
Henrique Meirelles: 12'% (11%)
Cabo Daciolo: 11% (11%)
Eymael: 11% (11%)
Guilherme Boulos: 10% (11%)
Alvaro Dias: 10% (9%)
Vera Lúcia: 9% (11%)
João Amoêdo: 9% (10%)
João Goulart Filho: 8% (8%)
Poderia votar em todos: 2% (2%)
Não sabe/não respondeu: 9% (11%) (Do Congresso em Foco)

Ceará pode ter ano de seca em 2019, segundo Climatempo

O Ceará em particular – e a Região Nordeste, de um modo geral – podem ter chuvas abaixo da média histórica em 2019. Isso porque a possibilidade da ocorrência de um El Niño no fim de 2018 e início de 2019 chega a 70%, segundo o Centro de Previsão Climática do NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional), dos Estados Unidos.

O El Niño é um fenômeno causado pelo aquecimento anormal das águas do Pacífico, seguido pelo enfraquecimento dos ventos alísios. Estas alterações modificam o sistema climático de distribuição das chuvas e de calor em diversas regiões do planeta.

O fenômeno, mesmo que com fraca intensidade, tem potencial de influenciar a distribuição das chuvas na chamada quadra chuvosa no Ceará, que compreende os meses de fevereiro a maio.

“A probabilidade [de chuvas mal distribuídas e abaixo da média] é alta sim. Mesmo que o El Niño não venha totalmente a se concretizar, só o fato de a gente estar com um viés mais quente no Oceano Pacífico, já vai deixar as chuvas mais irregulares e este período tende a ser complicado para o Ceará e o Nordeste”, explica Graziella Gonçalves, meteorologista do Climatempo.

Segundo ela, para os meses de novembro e dezembro, a possibilidade da ocorrência de um El Niño é alta. “O fenômeno pode se iniciar com uma cara de Modoki [com efeitos mais brandos] por conta da temperatura da costa do Peru, que deve seguir um pouco mais baixa. Depois, a gente segue para um fenômeno mais clássico", explica. (Do G1-CE)


segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Quixadá: Funcionária pública fica em estado grave após acidente registrado na estrada de acesso ao Dom Maurício

Mais um grave acidente de trânsito foi registrado nesta segunda-feira (17) na esburacada estrada que liga a sede do município de Quixadá ao Residencial Rachel de Queiroz e ainda ao distrito de Dom Maurício.
Segundo as primeiras informações do repórter Washignton Luiz “O Caveirão”, uma funcionária do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, identificada como Razelly Campos Roque, veio a se desequilibrar e cair de sua motocicleta, chocando violentamente a cabeça contra o solo.
A vítima sofreu traumatismo craniano e foi socorrida até a Unidade de Pronto Atendimento – UPA por uma ambulância que passou pelo local poucos instantes após o acidente. A vítima será transferida até o Instituto Dr. José Frota, em Fortaleza.