terça-feira, 6 de junho de 2017

Morre, aos 84 anos, cantor, compositor e comunicador Barros de Alencar


Na madrugada desta segunda-feira, 05, o cantor, compositor e comunicador de rádio e TV, Barros de Alencar, veio a falecer aos 84 anos.

Barros estava internado em um hospital no bairro da Mooca, em São Paulo. Segundo o radialista Kaká Siqueira, locutor da Tropical FM 107,9 (SP), o cantor havia entrado em coma nesse domingo, 04.

De acordo com um post no Facebook, feito pela irmã do radialista, Virgínia Barros, o enterro acontecerá às 13h30min, no cemitério Primavera em Guarulhos, Grande São Paulo.

Nascido na Paraíba, Cristóvão Barros de Alencar iniciou sua carreira como radialista em Campina Grande, na Rádio Borborema. Na década de 60, passou pelas rádios Tupi, Record e América. Em 1966, lançou seu primeiro disco. Entre seus projetos musicais, gravou em 1975 uma versão em português de “Emmanuelle”, trilha do famoso filme homônimo da época. Ao longo dos anos, intercalou a carreira musical com seu reconhecido trabalho nas rádios. (Do Repórter Ceará – Com G1)

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Viúva que mandou matar inspetor é xingada no Fórum de Senador Pompeu

No dia 20 de agosto de 2016, o inspetor da Polícia Civil José Cláudio Nogueira, foi assassinado dentro de seu veículo quando seguia para a sua residência na localidade de Sítio Inharé. No automóvel estava ainda a sua esposa Michelle Fernandes Arruda (34), posteriormente, as investigações descobriram que ela teria encomendado o crime juntamente com o seu amante. O inspetor foi atingido por sete disparos de arma de fogo efetuados por dois homens em uma motocicleta, quando estava dormindo no banco do carona de seu carro, durante trajeto percorrido por ele e Michelle, que conduzia o automóvel.
Nesta semana, uma multidão aguardou a assassina intelectual na porta do Fórum de Justiça. Familiares do policial protestaram. Michelle Fernandes Arruda foi bastante vaiada pelas pessoas que estavam e chamada de assassina e vagabunda, dentre outros adjetivos.
Uma mulher que é parente da vítima grita chorando: “porque você fez isso com ele, sua miserável ruim, bandida ruim”. O clima foi tenso no dia 01 de junho, momento em que ocorreu audiência de instrução dos réus. Além de Michelle, estão presos e processados pelo homicídio Jackson Alves Pinheiro, Tiago Soares Cunha e Fabiano Souza do Nascimento.
O-Investigações realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), sobre a morte do inspetor de Polícia Civil José Cláudio Nogueira (51), levaram os investigadores a descobrirem que o crime foi articulado por sua própria esposa, mas ela não agiu sozinha.  O plano de morte foi arquitetado por Michelle Fernandes Arruda (34) – que era esposa da vítima – e seu amante, Jackson Alves Pinheiro (32), conhecido como “Jackson Vandim”. Eles se conheceram por meio de redes sociais em maio deste ano (2016). Após conversas iniciaram um relacionamento amoroso e, em três meses arquitetaram e executaram o plano para tirar a vida do inspetor.
A mulher não demonstrou preocupação ao ver o marido baleado e preferiu não acompanhá-lo até o hospital. Quando Michelle foi perguntada se iria com ele para o hospital, ela disse que preferia ir tomar banho, relatando também que a mulher confessou o crime em depoimento.

policial_claudio_nogueira
José Cláudio Nogueira

Mas o comportamento suspeito da viúva não para por aí. Logo após a morte do marido, ela deu início à venda dos pertences dele. José Cláudio era proprietário de algumas terras e de várias criações de gado e ovelha, além de alguns veículos. Entre as posses do agente de segurança, que foram comercializadas pela mulher, estão cabeças de gado avaliadas em torno de R$ 60 mil. Contudo, o interesse da suspeita e de seu amante na morte do inspetor não se limitava em negociar suas propriedades. Ela receberia um valor equacionado em R$ 175 mil. O montante, que estava prestes a ser liberado, seria disposto pela Câmara Municipal de Quixeramobim, onde a vítima havia exercido a função de vereador. Inclusive, Cláudio havia se candidatado para o pleito de 2016, para o mesmo cargo.
senador_assinos_pcLevantamentos policiais indicam que o homicídio foi encomendado por R$ 25 mil para os outros dois presos, os executores: Tiago Soares Cunha (26) e Fabiano Souza do Nascimento (30), conhecido como “Argentina”. Logo após o crime, Jackson e Tiago adquiriram veículos novos e Michele passou dois cheques no valor de R$ 38 mil, oriundos da venda dos pertences da vítima, para o amante – o que também chamou a atenção da Polícia.
Os quatro presos, que possuíam mandados de prisão preventiva por homicídio triplamente qualificado por paga ou promessa de recompensa, impossibilidade de defesa da vítima e por ser homicídio contra agente de segurança pública, foram encaminhados para a Delegacia Municipal de Solonópole. Com exceção de Fabiano, que responde por porte de arma de fogo, roubo e homicídio, os demais não possuíam antecedentes criminais.

RC TV:

I

Colisão entre motocicletas deixa uma pessoa morta na CE-265 em Morada Nova

Uma queda seguida de colisão entre duas motocicletas resultou na morte de uma pessoa na noite deste sábado (03) na CE-265, município de Morada Nova.
Segundo informações da polícia, por volta das 18h:40min, na rodovia que liga os municípios de Morada Nova e Limoeiro do Norte, mais precisamente na localidade de “Varzantes”, um homem de 37 anos, veio a cair de sua motocicleta, se chocando logo em seguida com uma motoneta Shineray. A vítima não resistiu a gravidade dos ferimentos e veio a óbito ainda no local.
O rabecão da Perícia Forense recolheu o corpo da vítima e encaminhou ao Instituto Médico Legal para os devidos procedimentos.
 site MonólitosPOST

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Chances de El Niño para 2018 diminuíram em maio


Após cinco anos consecutivos de seca, neste ano, o Ceará encerra a quadra chuvosa (fevereiro a maio) sem atingir a média histórica, mas ficou no intervalo (de 505 a 695 mm) considerado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) em torno da média. Enquanto a situação hídrica do Ceará segue preocupante, o monitoramento das condições climáticas para 2018 traz um alívio momentâneo: os fatores de formação do El Niño recuaram no mês de maio. Assim, o fenômeno pode não acontecer ou vir com pouca intensidade no próximo ano.

O aquecimento anormal das águas de superfície do Oceano Pacífico caracteriza a ocorrência do El Niño. Pela dimensão do Oceano, este aquecimento é gradual ao longo dos meses. As observações de maio apontam para um resfriamento destas águas, explica Raul Fritz, meteorologista da Funceme. A condição do Pacífico ainda é de águas superficiais aquecidas, porém estão agora mais próximas da neutralidade.

Conforme Fritz, estas condições podem mudar com uma possível retomada do aquecimento das águas. Com os dados coletados até a terceira semana de maio, ainda há 55% de chances de manifestação do El Niño no fim deste ano e início de 2018. “Existem volumes de água aquecida abaixo da superfície que tendem a subir. Mas não são volumes expressivos, podemos até ter um El Niño fraco”, informa Fritz. Ele explica que o fenômeno intenso tem mais poder de prejudicar a formação de nuvens de chuva no Ceará durante a quadra.

As anomalias positivas na temperatura de superfície do Pacífico Equatorial foram divulgadas em maio pelo órgão norte-americano National Climatic Data Center (NDDC). No entanto, há ainda previsão de aquecimento para o segundo semestre deste ano na chamada “análise probabilística de consenso”. Conforme divulgação do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a confirmação do El Niño tem menos possibilidades em comparação com previsões feitas nos meses anteriores. (Do O Povo Online)